14 outubro, 2006

Desejos...

  • Era uma vez Erasmo Carlos, compositor da Jovem Guarda, que embalou muitos adolescentes enamorados pela coleguinha com os seguintes versos:

Eu queria ser o seu caderninho / Pra poder ficar juntinho de você
Inclusive na escola / Eu iria com você entrar
E na volta juntinho ao teu corpo eu iria ficar
E em casa então / Você me abriria para me estudar
E se assustaria ao ver revelado em seu caderninho
Meu rosto olhando, dizendo baixinho:
"benzinho, eu não posso viver longe de você"

  • Tempos depois, no Reino da Inglaterra, um príncipe chamado Charles, já casado com a linda princesa Diana, arranjou uma amante. Chamava-se Camila. Alguém grampeou (já era moda) o telefone dela e gravou a seguinte declaração do nobre Charles:

"Meu bem, eu queria ser seu Tampax."

Diana morreu (sniff) e Charles desposou Camila. Coisas da realeza!

  • Agora, um jornalzinho do Bairro Betânia, aqui em Belo Horizonte, conta que a professora de uma escola pública pediu aos alunos que redigissem uma redação com o seguinte tema: "O que você quer que Deus faça com você". Uma criança escreveu:

“Senhor, lhe peço algo especial: me transforme em um televisor. Quero ocupar seu lugar. Viver como vive a TV de minha casa. Ter um lugar es pecial pra mim e reunir minha família ao meu redor.

Ser levado a sério quando eu falo. Quero ser o centro das atenções e falar sem ser interrompido. Quero receber o mesmo cuidado que a TV recebe quando não funciona. Ter a companhia de meu pai quando ele chega em casa, mesmo cansado. E que minha mãe me procure quando ela estiver sozinha , em vez de me ignorar. E ainda que meus irmãos briguem para estar comigo.”

E você, queria ser o quê?

Nenhum comentário: