08 dezembro, 2005

B R A S Í L I A !

Estamos aqui no Planalto Central, Amélia e eu! Chegamos hoje, pela manhã, recepcionados com carinho pela amiga M. Auta, que nos esperou no aeroporto.

Hoje é feriado em B.Horizonte, festa da padroeira da cidade (N.S. da Conceição). Nada como enforcar a 6a. feira, que ninguém é de ferro, né?

Resultado, corremos pro site da BRA e encontramos passagem a R$ 103,00 (!), menos do que se paga pelo ônibus. Resistir, quem há-de?

A competição entre as empresas aéreas está derrubando os preços! Pela TAM e GOL, encontrei passagens de R$ 203, a pouco mais de R$ 400.
Amélia, mineira da gema, logo perguntou se o avião era seguro. Respondi, meio sério:
- Ninguém garante... devem utilizar os antigos DC-3 ou aqueles Viscount da ponte aérea... (hehehe).
Consequência: Até convencê-la de que, se um piloto se anima a pilotar um boeing, é porque ele "acredita" que aquilo vai voar...
Essa é minha tese,para anular qualquer fobia aérea! Funciona: acredito nas estatísticas sobre segurança de vôo: "É mais fácil morrer atropelado em frente a sua casa do que num desastre aéreo". É o que dizem...
Mas preveni:
- Vamos comer uns pães-de-queijo antes do embarque, pois não deve ter nem água mineral a bordo.
Surpresa! Fomos servidos com sanduíche, bombom, bolinho, refri, suco, água. Lanche melhor do que as balinhas com amendoim da GOL.
Já aqui em Brasília, demos uma voltinha pelo Lago Sul e tomamos um café no Blue Tree Alvorada, aquele que hospedou o Bush. (Postarei fotos, quando retornar a BH).
Passamos na Esplanada dos Ministérios e pegamos o maridão da Autinha (como Amélia a chama) e fomos almoçar no FRITZ (CLS Qd 404), onde traçamos eisbein , trutas espalmadas ao molho de alcaparras, creme de espinafre, arroz com brócolis. Tudo regado com uma Bohemia geladíssima, pois o tempo, apesar de nublado, está abafado. (Quando se fala em tempo fechado aqui em BSB , logo se pensa na situação política... mas isso é outra história).
Agora, curtimos a mordomia aqui na Península (Lago Norte), numa casa aconchegante, desfrutando da amizade tão preciosa deste casal brasiliense.
Amanhã veremos outros amigos, Paulo & Letícia, que sempre nos visitam em BH.
Será um fim-de-semana especialíssimo, junto a pessoas que amamos.
Quem encontra um amigo encontra um tesouro.

Pois então, somos ou não somos ricos?
_________________________________
Domingo, a gente volta correndo, ou melhor, voando, a tempo de assistir mais um show do Chapéu Panamá, na CALLE.

Nenhum comentário: