11 dezembro, 2005

De volta pra casa


Por melhor que tenha sido o passeio, o retorno ao habitat proporciona sensação de aconchego, segurança, como um barco que ancora em porto seguro.
Chegar em casa, após uma viagem, tem seus rituais: abraçar os filhos, contar as peripécias, dar notícias dos amigos, desfazer as malas, tomar banho, respirar e suspirar: "lar, doce lar!".
Se, há algum tempo, mandar revelar as fotos adiava o momento de rever as cenas e pessoas encontradas durante o passeio, hoje o comum é correr ao computador e "descarregar" a câmera digital.
São imagens de significado absolutamente pessoal, que nos fazem rememorar momentos significativos, sorrir à lembrança de fatos engraçados, comentários, trocas afetivas, paisagens marcantes.
Somos todos "passageiros" desta vida. As fotos prometem uma permanência impossível, porisso são tão importantes. Como diria o poeta Drummond, numa circunstância outra:
"Nunca me esquecerei destes acontecimentos, na vida de minhas retinas tão fatigadas..."



Nenhum comentário: