12 junho, 2006

Habitantes da côrte, ou melhor, do DF


Mermão de Brasília - Paulo - me enviou um perfil do brasiliense. Algumas das características abaixo eu mesmo já experimentei: tabalhei no DF por 10 anos seguidos e consigo entender certas referências.

Vamos lá!

= Você se sente confortavel com a umidade de 10%.

= Você conhece os ministros e deputados como "O pai daquele cara da faculdade"

= Ao dirigir, você fica meio paranóico com os limites de velocidade.

= Você, de fato, pára o carro na faixa de pedestres.

= Você acha normal um PM a cada cruzamento.

= Você tem medo de jogar lixo pela janela do carro.

= Ouve dizer "é bem pertinho" e pensa tranqüilamente em 50 km.

= Você sabe do que estão falando quando perguntam "conhece alguém da cinco"?

= Todo fim-de-semana tem um churrasco.

= Você se sente à vontade com endereços em coordenadas cartesianas.

= Sabe que se for a um endereço nas 300, 100 e 200 irá a um apartamento bom; na 400 terá que subir escadas; na 700 vai ter de procurar vagas nas calçadas das casas e que, se for ao Sudoeste, corre o risco de que a quadra ainda não esteja asfaltada!

= Quando começam as chuvas você escuta " esse ano vai chover como nunca".

= Quando param a chuvas você escuta "esse ano a seca vai ser braba".

= Você chama os amigos de seus pais de "tio" e "tia".

= Você vê alguém fazer barbeiragem no trânsito e diz "Só pode ser goiano"

= Acha que de mar o nosso céu não tem nada, e na primeira oportunidade dá uma escapada para praia.

= Odeia quando chegam os seus parentes querendo conhecer a torre e a esplanada.

= Você reclama para o amigo: "Não tem nada para fazer nessa cidade..." Mas fica indignado quando alguém de fora reclama que em Brasília não tem nada para fazer.

= Você reluta, reclama e acaba indo comer pizza no Primo Piatto.

= Sabe, perfeitamente, o que significa quando alguém diz "Eu moro no Lago"

= Quando vai a outra cidade fica indignado e não entende por que construíram ruas tão estreitas com tanto cruzamento.

= Vê crianças gostarem tanto de descer para brincar "debaixo do bloco"

= Pelo menos cinco pessoas que você conhece fazem Direito.

= Fica chateado quando te perguntam se já viu o presidente.

= Você vê o dia começar friozinho; acha perfeitamente normal que às onze esteja fazendo um calor de rachar; à tarde esteja muito, muito quente e seco; à noite, frio novamente ou até mesmo desabando um temporal; isto, além de a chuva ter iniciado e parado cinco vezes durante o dia ou à tarde.

= Você não tem a menor noção do que seja uma esquina de paralelepípedos.

= Você acha que casa com piscina é a coisa mais normal do mundo.

= Até hoje chama o mercado Pão-de-Açúcar de "Jumbo"

= Você sabe que "Ir ao Gilberto" não quer dizer visitar alguém.

= Sabe que Samambaia não é uma planta !

= Você diz "Vou ao Shopping" sabendo que isso só pode siginificar ir ao Parkshopping, se não, diria "Vou ao Pátio" ou "Vou ao Alameda" .

= Sabe que se for ao shopping Pier 21, você não vai lá pra fazer compras.

= Sabe que uma boate da moda não dura mais do que três meses.

= Você, estudante, geralmente sai do colégio na sexta, vai pro Pátio, dorme na casa de um amigo e, no sábado à noite, vai pro Pier ... domingo é em casa !!!

= Já passou um carnaval ou feriado em Caldas Novas.

= Morre de rir, ou de raiva, nas vésperas de feriados, quando te dizem "o último que sair (da cidade) apaga a luz".

= Sempre que viaja é perguntado a qual gangue você pertence, e se você já queimou algum índio.

= Vai a churrascos onde o traje básico das meninas é jeans, sandália de salto alto e bolsa da Louis Vuiton.

= Biquíni nem pensar...

= Conhece, no mínimo, 10 pessoas que nunca foram ao Rio de Janeiro e têm mais sotaque que o pessoal de lá.

= Sabe que pra ir à padaria você leva, pelo menos, 10 minutos pra se arrumar.

= Sabe que as 3 girias da cidade são: Véi, Tipo e Cara

Se você concordou com a metade desta lista, você realmente é de Brasília....


É... Quem disse que Brasília não possui sua identidade?

Nenhum comentário: