11 julho, 2006

Recordes

Ganhei um brinde em forma de livreco: "Os melhores recordes mundiais". É livreco mesmo, de 10xm x 10cm, editado pela Ediouro. Não, não se trata do Guiness Book, mas um extrato dos recordes mais malucos e bizarros que já vi.
Nunca fui chegado a recordes e sei que muitos deles não servem pra nada, apenas pra entrar no tal livro: existem empresas especializadas nisso, pessoas que fazem questão de inscrever seu nome na história da humanidade cuspindo mais longe do que se pode imaginar.
Destaco aqui alguns, que me fizeram rir, mais do que embasbacar:
  • Maior multa por execesso de velocidade: Jussi Salonoja, da Finlândia, foi multado em US$ 223.000 por dirigir a 80km/h numa estrada de Helsinque, agorinha há pouco, em 2004. A lei finlandesa multa os infratores proporcionalmente à sua renda anual e Jussi, herdeiro de um império de salsichas, teve uma renda de US$ 11 milhões! No meu caso, se fosse multado, acho que o Estado é que deveria me pagar, devolver o imposto absurdo que pago pra andar em estradas esburacadas.
  • Pessoa que mais sobreviveu a enforcamentos: Joseph Samuel, na Austrália, foi condenado à morte na forca. Primeira tentativa: a corda se rompeu. Segunda: a corda esticou tanto que os pés tocaram no chão. Terceira tentativa: a corda, novamente, se rompeu. Isso me lembra as tentativas de punição dos políticos corruptos e dos colarinhos brancos, aqui no Brasil: o processo anda, anda, anda até parar. No final: impunidade.
  • Enforcado mais idoso: Em 1843, no Reino Unido, Allan Mair foi executado por homicídio. Estava tão velho e alquebrado pelos anos que o enforcaram assentado numa cadeira, pois ele era incapaz de ficar em pé! E aqui? Muitos morrem deitados na fila de espera de atendimento. E ninguém vai pro Guiness por causa disso.
  • Melhor time do mundo que levou o maior show de bola na Copa: um certo time da América do Sul, com os grandes astros do Futebol, dois deles já eleitos como Melhores do Ano, conseguiram bater vários recordes: maior número de gols em Copa, maior número de jogos pela Seleção, maior número de vezes em que foram para as baladas, maior número de namoradas, noivas e esposas louras e modelos de passarela, melhores contratos com a Nike, Adidas, etc. Pois esse time não jogou nada contra a Franca, deu vexame e saiu pelos fundos quando chegou ao Brasil. Adivinha qual?

Nenhum comentário: