06 agosto, 2006

Igreja S Fco Pampulha by night

Ontem à noite levei o Leo para um baile de formatura (Psicologia-UFMG). Era pouco mais de meia-noite, o sono e a temperatura amena sugeriam uma volta rápida para casa. Ao passar em frente à Igreja de São Francisco de Assis, na Pampulha, não resisti: ali estava maravilhosamente iluminado um ícone da modernidade de Belo Horizonte. Foi inaugurada em 1943.

Em 2005, sessenta anos após sua construção, foram iniciadas obras de recuperação e restauração, que incluíram também a parte de iluminação das fachadas, o painel de azulejos e as sancas. Eu ainda não havia passado por lá, à noite, e fiquei babando...

Os quadros da Via Sacra e o painel de azulejo foram pintados por Cândido Portinari. Os jardins, projetados por Burle Marx. JK, prefeito de BH na época, fez a encomenda.

Carinhosamente a chamamos de "Igrejinha da Pampulha" e foi o cenário escolhido por Amélia e eu para nos casarmos.

Duas escolhas acertadas: o local do casamento e a mulher com quem me casei...

(Mais fotos, aqui).

Nenhum comentário: