06 janeiro, 2007

Psicanalisando "O Código Da Vinci

Eu me permiti indicar, hoje, uma 'escuta' diferenciada do livro "O Código Da Vinci". O sucesso dessa obra não me pareceu lá muito merecido.

Li e me decepcionei com a pouca 'literatura', embora reconheça algum valor na trama policialesca. Entretanto, o 'pano de fundo' é instigante e provocou reações em todo o mundo ocidental.

Eis a análise feita pelo psicanalista Sérgio Telles:

"O enorme sucesso do romance O código Da Vinci, de Dan Brown, bem como do filme nele baseado, o caracterizam como produto típico da indústria cultural globalizada consumido vorazmente por milhões, até saturar o mercado e logo ser esquecido e substituído por um similar que inicia um novo ciclo de consumo. Em contrapartida aos produtos da indústria cultural, as obras de arte atingem um número pequeno de pessoas e persistem por muito tempo, seduzindo novas gerações. Elas dificilmente são tão lucrativas quanto os artefatos da indústria cultural, que enchem os bolsos de todos os envolvidos em sua produção.
O enredo já é de conhecimento geral:" (Leia mais aqui. Interessantíssimo!)

Nenhum comentário: