08 setembro, 2007

Maria Aparecida


Nasceu minha mãe no dia 09/09 de um ano terminado em 9. Após 9 meses, cheguei a este mundo, em outro ano com final 9, quando minha mãe tinha 19 anos. Ela teve 9 filhos.

Mais uma vez, o número 09/09 se repete no calendário. Seria uma data qualquer, um domingo qualquer.

Domingo, entretanto, é o aniversário de minha mãe Aparecida, a moça bonita aí da foto.

O bíblico Salomão, há séculos, perguntou: "A mulher forte, quem a encontrará?"

Pois respondo: minha mãe é uma mulher forte, amorosíssima e cuidadosa com os filhos. Brinca, trabalha, dança (mesmo!), verifica, afaga, previne, remedia, aconselha, manda, pede, ajuda, reprime, resmunga, chora, sorri, tudo olha, faz-que-não-vê, intui, deduz, adivinha ("o mindinho me contou"), controla, apoia, socorre, reza, reza muito, tem fé e nos ensinou o bom caminho.

Faz aniversário há anos e continua jovem ao lado do namorado Soié.

O presente? Ah! quem ganha é a gente mesmo: ter você por perto, Mamãe, eis a dádiva que Deus nos deu.

Sua bênção para o filho, Cláudio.

Nenhum comentário: