12 abril, 2008

Mirante

...sempre pensei por que alguém, a prefeitura, a bhtur ou qualquer um não faz um mega-mirante na serra do curral?

Serra do curral é a fortaleza de beagá [ouvi dizer há muito tempo: se acaso houvesse uma guerra nuclear nossa cidade seria protegida exatamente pela serra que deu o nome ao antigo arraial del rey, mais tarde belo horizonte capital das gerais].

Igualmente diziam que era tombada pelo patrimônio histórico ou pelo ibama ou por alguma outra entidade protecionista e que haveria o risco de a montanha acabar - o que não impediu às mineradoras tipo a famigerada mbr-mineradoras brasileiras reunidas que de brasileira mesmo só tinha a montanha já que o minério ia embora daqui a preço menor do que o de banana que por sinal está pela hora da morte [pelo menos é assim que diziam antigamente]... pois é não impediu às tais mineradoras que comessem quase tudo das entranhas do lado escondido daquele morro / a cidade do lado de cá foi subindo com favelas e com mansões tal como demonstra o aglomerado da serra e o taquaril e o alto vera cruz tudo favela sem falar do luxo do mangabeiras e do belvedere e da avenida seis pistas onde fica o biocor e mil outros empreendimentos imobiliários. Ufa!

...sempre foi uma alegria poder ver a serra lá do alto vindo de avião do rio de janeiro ele voando mais baixo preparando-se para descer na pampulha e eu de olho agarrado ali na janelinha a gente só vendo as serras da moeda e do rola moça à esquerda a br40 embaixo beirando a lagoa dos ingleses e lá longe à esquerda horrorizar-me com as crateras da mineração [solo lunar ou marciano tanto faz] muito feio e doído no coração da gente.

...de repente quase que num susto surge a cidade inteirinha por detrás do paredão da serra: um montão de prédio e casa e rua e a cidade toda espraiada sobre colinas com os carrinhos e ônibus de brinquedo correndo pelas ruazinhas tudo miniatura mas poluída mesmo assim bonita por natureza que beleza.

...e eu ali na janelinha do avião que se prepara para pousar em instantes no aeroporto da pampulha favor apertar os cintos e colocar o encosto das poltronas na vertical eu juntando jornais e revistas de bordo fecho a bandeja do lanche recém recolhido e guardo nas retinas nem tão fatigadas as imagens da cidade - pedacinhos que via e rotulava aqui é a praça do papa olha a avenida afonso pena ali e o mineirão já tão perto, nossa! a lagoa! a lagoa com a igrejinha de são francisco de niemeyer e o pic e o iate e o museu e a barragem.
Chegou!

Num tranco o trem de pouso bate na pista o bichão taxiando e meus olhos perscrutando (!) a varanda do aeroporto será quem veio me buscar? Amélia e os meninos ali.
Cheguei!

Foto by Celso Santa Rosa/Jornal Estado de Minas
"Um dos mais bonitos e famosos cartões-postais de Belo Horizonte, a Serra do Curral começa a ser transformada em parque municipal. Depois de quase uma década de expectativa, desde a publicação do Decreto 13.190/99, determinando a criação do Parque Paredão da Serra, a prefeitura da capital deu início, esta semana, às obras. Ao todo, será investido R$ 1,3 milhão (recursos do Ministério do Turismo, com contrapartida do município) para a construção de jardins, trilhas, praças, portarias, mirantes, guaritas de vigilância e sistema de segurança ambiental, numa área de 397,8 mil metros quadrados, projetada para ser o novo ponto turístico da cidade." [Glória Tupinambás, Estado de Minas - 11.abr.2008]

Nenhum comentário: