27 junho, 2010

Domingo na praça

Dei uma passadinha na Praça da Liberdade, agora há pouco. Pretendia ver uma feira sobre 'qualidade de vida', algo assim e, de lambuja, assistir ao Marcus Viana com show programado pras 18h.
Não vi nem uma nem outro: a feira estava já com stands desativados enquanto Marcus e banda não compareceram. 
Explicou-me um rapaz da produção que, na sexta-feira, com o grupo pronto pra iniciar a apresentação, o Corpo de Bombeiros interditou o espetáculo. Não soube explicar-me o motivo, mas tanto o público quanto o Marcus ficaram putos da vida. Dou-lhes razão, a não ser que estivesse a jorrar gasolina das fontes luminosoas  e os fumantes jogassem cigarros em brasa nas águas murmurejantes (nunca as vi murmurejar, mas é assim que se diz, não?).
Tempo agradável e ambiente festivo animaram-me a caminhar sob as palmeiras imperiais da alameda central, aquela que termina defronte ao Palácio da Liberdade. Estava iluminado, bem assim:
Palácio da Liberdade-BH (Photo by Cláudio Costa)


O palácio já não é mais a sede do governo de Minas, desde que o ex-governador inaugurou seu legado aos pósteros, a Cidade Administrativa, projetada por Niemeyer. Fica na região norte, às margens da rodovia BH-Confins, onde está o Aeroporto Tancredo Neves, mais conhecido como "o de Confins". 
Passei por lá outrodia. Fiz uma paradinha estratégica no acostamento, saquei da SonyN1 e cometi esta foto aqui:
Cidade Administrativa-BH (Photo by Cláudio Costa)
Como se vê, ao estilo neo-clássico sucedeu o moderno, embora a política em Minas seja mais barroca e tinhosa.
Não seria necessário, porém, uma distância de 10km entre a Praça e a Cidade Administrativa para que o neoclássico se contrastasse ao moderno. Ali mesmo, ao lado do Palácio, Niemeyer marcara sua presença há mais de 50 anos, quando nos deixou o edifício onde o avô do mesmo ex-governador que mandou edificar a tal Cidade. Hoje mesmo, o edifício estava assim:
Praça da Liberdade-BH (Photo by Cláudio Costa)

Como vês, foi um passeio sem feira e sem música, mas rendeu as fotos e este post. O melhor, talvez, tenha sido a chegada em casa, quando tomei um café-au-lait com bolo de banana, aveia, passas  e castanhas, confeccionado pela doce Amélia:
Bolo de Banana com aveia, passas, frutas secas, by Amélia (Photo by Cláudio Costa)

Nenhum comentário: